El Salvador se prepara para um experimento de risco com Bitcoins.

  • por

A nação salvadorenha empobrecida desafia avisos contra o ato de usar cripto ativos voláteis, como moeda oficial ao lado do Dólar Americano.

El Salvador anunciou que se tornará o primeiro país a adotar Bitcoin como moeda oficial, mas ninguém sabe o que virá depois disso e quais serão as consequências. 

   O governo da nação Centro-Americana pretende gastar até 75 milhões de dólares, como parte de um plano para distribuir até 30 dólares para as pessoas que assinarem uma carteira digital chamada Chivo ou Cool. Esse sistema de Software permitirá que cerca de 2,5 milhões de salvadorenhos comprem bens ou paguem por serviços em Dólar Americano ou Bitcoins, pois o país tem as duas moedas como oficiais desde o dia 7 de Setembro de 2021.

   Os investimentos em Bitcoin correm grandes riscos de destruir a economia de 26 Bilhões de Dólares de El Salvador, pois o Banco Central pode ser forçado a gastar reservas de emergência em moeda forte para comprar Bitcoin, caso os criptos ativos sofram depreciação e a população do país prefira a segurança do dólar. 

   “A adoção do Bitcoin como moeda legal, nos coloca em uma montanha russa”, disse Carlos Acevedo, um economista que foi governador do banco central de El Salvador de 2009 a 2013.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *